5 dicas para transformar a viagem com cães tão fácil quanto um passeio no parque

COMPORTAMENTO & VIAGEM

  • 3 abr, 2019
  • LEITURA DE 5 MIN
  • 03/04/2019
  • LEITURA DE 5 MIN

5 dicas para transformar a viagem com cães tão fácil quanto um passeio no parque

Fazer as malas, pegar a estrada e explorar novos destinos é sempre uma aventura, mas quando você resolve levar seu cão junto, com certeza garante que as memórias serão ainda mais significativas.

Aqui estão as cinco principais maneiras de garantir que você sabe como viajar com um cão com facilidade e alegremente desde o minuto em que você começa a planejar sua viagem:

viagem-com-caes-em-um-passeio-no-parque

1. Comece com uma ida ao veterinário

Viajar pode ser tão estressante para cães como é para os humanos. Leve seu cão ao veterinário para um checkup de rotina antes de se propor a levá-lo junto. Você vai querer ter certeza de que ele está física e emocionalmente saudável para a viagem.

Se seu cão tem problemas de saúde ou é naturalmente medroso ou agressivo, seu veterinário pode recomendar que ele fique em casa ou em um ambiente familiar durante suas férias.

Se você está planejando viajar pelo país ou fazer uma viagem aérea para outro país, você precisará um atestado de saúde para seu cão, juntamente com o comprovante de vacinação antirrábica.

A maioria das empresas aéreas exige que o atestado seja emitido por um médico veterinário em até 10 dias antes da partida. Além disso, muitas empresas aéreas não permitem que cães braquicefálicos (aqueles com focinho curto e cara amassada) viagem no bagageiro devido aos possíveis riscos para a saúde.

Alguns cães sofrem de ansiedade de viagem e enjoo de movimento, portanto, pergunte ao seu veterinário quais remédios você pode precisar levar com você. Tenha cuidado ao administrar medicações como sedativos ou tranquilizantes, especialmente se estiver planejando viajar de avião, pois o efeito dessas medicações é imprevisível em altitudes maiores.

2. Leve seu cão para dar um passeio de carro

Se você estiver planejando viajar de carro e não tem certeza se seu cão vai realmente apreciar a viagem, comece com um passeio de carro de 2-3 horas. É importante ver se seu cão consegue ou não ficar sentado atrás e relaxar. Alguns cães conseguem, mas outros sofrem de enjoo do movimento, ansiedade e agitação.

viagem-com-caes

3. Certifique-se de que seu cão pode ser identificado

Os cães realmente adoram explorar o mundo. Quando você viaja para novos locais, ele sai da rotina diária. Existem tantas coisas novas para ver, cheirar e fazer. É importante ter certeza de que ele tenha não só um microchip, mas que também seja facilmente identificado por uma coleira com o nome dele e as informações de contato atualizadas, incluindo um telefone celular, caso ele perambule para longe de você enquanto vocês estiverem se aventurando juntos.

4. Faça a mala de seu cãozinho

Há uma boa chance de a mala de seu cão ser tão grande quanto a sua. Você vai querer ter certeza de levar a ração (especialmente se seu cão estiver em uma dieta prescrita), vasilhas, medicação, petiscos, uma coleira e corrente extras, um engradado ou caixa de transporte para viagem, juntamente com água em abundância para a estrada. Além disso, leve alguns dos brinquedos favoritos de seu cão, travesseiros e cobertores para trazer à memória dele o conforto familiar de casa enquanto vocês estão fora.

5. Faça um mapa da rota que seja conveniente para seu cão

Tenha em mente seu cão quando estiver fazendo o mapa da rota até seu destino. Apesar de cada vez mais hotéis, restaurantes, estacionamentos e espaços estarem se tornando mais amigáveis a animais de estimação, esses locais variam em termos de políticas e conveniências.

O transporte coletivo, por exemplo, pode não permitir o embarque de cães de determinado peso ou tamanho, portanto, faça seu dever de casa e se informe se seu cão é bem-vindo antes de você chegar.

Se você planeja viajar de carro, lembre-se que seu cão precisa se esticar, se movimentar, comer e beber, portanto, faça o mapa de sua rota antecipadamente para assegurar paradas suficientes para fazer as necessidades e brincar ao longo do caminho.

Se você planeja viajar de avião, tente reservar um voo direto até seu destino. Tenha em mente que muitas empresas aéreas não transportam animais de estimação no bagageiro durante períodos excessivamente quentes ou frios — o perigo não está no ar, mas no solo! * O PetTravel.com o ajudará a entender o que esperar quando seu cão viaja como manifesto de carga (aéreo) e a *International Air Transport Association (IATA) poderá ajudá-lo a entender todo e qualquer regulamento quando seu cão voa com você, incluindo qual tipo de engradado ou caixa transportadora ele precisa para a viagem.

Uma última dica para ter em mente: muitas pousadas que aceitam animais de estimação têm uma alta carga de pulgas e pode haver carrapatos em seu destino de férias, portanto, leve um comprimido mastigável Bravecto® quando estiver no veterinário para ter certeza que seu cão estará protegido do focinho até a ponta do rabo por 12 semanas.

Depois de organizar todas as coisas de seu cão, basta relaxar. Memórias maravilhosas ficam armazenadas quando você consegue viajar e explorar o mundo com seu melhor amigo ao seu lado.

New call-to-action